Retro Review: Super Puzzle Fighter II Turbo (Arcade)


Olááá caríssimos companheiros retroaventureiros!! Como estão?? Aproveitando ainda o gancho do meu escrito anterior, vou comentar um pouquinho acerca de alguns títulos que tenho jogado durante a fase pela qual ando passando atualmente.

É triste, eu sei.

Pra você que está chegando agora e ainda não conferiu o meu último texto, você pode dar uma passadinha lá antes de continuar, clicando aqui.

E vamos começar desabafando sim senhor: sinceramente, não sei como um game desses ainda não possuía um escrito cá por essas bandas. Por mais err… digamos… “casual” (sim, eu ainda odeio o termo e sempre vou utilizá-lo entre aspas, ok??) que ele seja, eu o considero um título bastante bom e cativante, que sem dúvidas pode SIM render uns bons contras e, de quebra, variar um pouco das máquinas já tão batidas de KOF 97, 98, 2002, Street Fighter de padaria/rodoviária e etc.

Ei, psiu! Tô te esperando!! XD

Não que eu esteja criticando! Muito pelo contrário. Aliás, entrar num Arcade e não tirar uns rachas em alguma delas é um sacrilégio!! No entanto, o ponto ao qual eu me refiro é pro caso daqueles dias em que você e algum amigo estiverem de passagem pelos últimos fliperamas ainda existentes nessa vida e resolverem “apostar suas fichas” (literalmente) em algo que seja um tanto diferente, mas ainda assim contendo um tiquinho de porradaria…
Lançado em 1996 pela Capcom (originalmente no sistema de arcade CPS II), Super Puzzle Fighter II Turbo é diversão garantida pros fãs das famosas franquias de luta da desenvolvedora, mas que ao mesmo tempo nunca deixaram o seu “lado Tetris” morrer.

Combinando deliciosamente os dois gêneros (luta e puzzle), o título proporciona ao jogador uma incrível experiência visual, atrelada a uma jogabilidade absurdamente simples.
Controlando um par de peças por vez, o objetivo é ajuntar o maior número de joias da mesma cor, para depois “quebrá-las” com a ajuda de uma “Crash Gem” das cores correspondentes e, assim, ir acumulando pontos e vantagens sobre o adversário. É possível também fazer as peças se quebrarem numa “reação em cadeia”, possibilitando a execução de combos. As ações dos personagens durante a “luta” variam conforme a quantidade de blocos quebrados e de combos realizados. À medida em que o jogador executa os combos, o campo do adversário vai se enchendo de blocos dotados de um temporizador, os quais não podem ser quebrados até que seja esgotado o respectivo número de rodadas para torná-los utilizáveis. Porém não se iluda! Como costumo dizer, Super Puzzle Fighter II Turbo é um título no qual as batalhas são disputadas até o último segundo, com direito a “viradas” de jogo simplesmente alucinantes!!

Um dos grandes responsáveis por esses acontecimentos é, sem dúvidas, o Diamante Mágico, que é capaz de quebrar todas as peças do campo que forem da mesma cor da peça que ele encostar. Ele REALMENTE pode tirar você de grandes apuros e não duvide: você torcerá mais por ele do que pelo “palitex” do Tetris, pode acreditar!!! kkkk
Os personagens do game não poderiam ser mais carismáticos, todos eles apresentados em uma cômica aparência ‘chibi’, com ações que podem variar desde uma simples provocação até aquele mega especial que arregaça tudo e salva o dia!!
O jogo conta com 8 personagens iniciais, sendo eles: Ryu, Chun-Li, Sakura, Ken, Morrigan, Lei-Lei (ou Hsien-Ko, na versão americana), Donovan e Felicia. Cada um deles possui uma sequencia chamada “Counter Gem”, ou seja, uma “sugestão” própria de cada um de como posicionar as peças para obter maior pontuação e combos.

A trilha sonora é bastante boa, com as músicas-tema de cada personagem tocadas em um arranjo super bacana. Um fator que pode ser bem desesperador pra alguns é a acelerada que a música dá quando o jogador vai ficando mais próximo do ‘knockout’, que acontece quando as peças sobem a ponto de bloquear a entrada do campo. (Essa é a hora perfeita pra zoar o seu colega a fim de deixá-lo desestabilizado e garantir a vitória. Mas cuidado!! Se vier um Diamante pra ele, pode ser que vire todo o jogo e a coisa fique feia pro seu lado…XD).
E vocês meus queridos?? Já tiveram a oportunidade de jogar este jogo na vida?? O que acharam??

Vale lembrar que pra quem não pode aproveitar no arcade, também conta com as versões lancadas para MAME, PlayStation, SEGA Saturn, GBA, mobile e com a versão “Super Puzzle Fighter II Turbo HD Remix”, lançada no Xbox Live Arcade e PlayStation Network, apenas com algumas pequenas alterações.
Bom, então por hoje é só pessoal. Beijinhos da Cherry e até a próxima!! 😉
@-}–


Sobre Cherry Pie

Apenas uma singela torta de cerejas que apareceu aqui na porta da redação, e como nós adoramos cerejas, resolvemos deixar ela entrar ^^
Adicionar a favoritos link permanente.
  • Rokuman Senpai

    Saaaalve, Cherry !

    Parabéns pelo excelente review!

    Eu adoro demais esse jogo, tanto que já tive as versões completas e japa para PSX e Saturno (hoje só tenho em MAME e na Máquina Multi Jogos XD

    E sim! A tal da peça “palitex” do tetris é super importante, mas de longe tão importante quanto o diamante do SPFIIX! Outro jogo que segue uma linha de desespero quase idêntica são os da série Puyo… Tanto esse quanto o do Review são ótimos pra jogar com os amigos e dar muitas risadas…

    Super Beijinhos e até a próxima!

    • Cherry Pie

      É nóis na fita Senps!! #TamoJunto =D

      Fico super contente que tenha apreciado!!

      Eu sinceramente acho que não tem como não curtir esse game, a não ser que o cara realmente não ligue pra puzzles. Ao meu ver, foi uma puta sacada da Capcom à época. Não conheço ninguém que curta SF e afins que não tenha jogado SPFII, ao menos um pouquinho…

      Doído é quando vc ta esperando o maldito palitex pra encaixar bonitinho na coluna que falta e daí vc erra e coloca ele na horizontal. É de morrer isso!! kkkkkkk

      Pois é. Falou o cara que é vício em Puyo Puyo kkk

      Mas me aguarde!! Ainda vou ficar tão boa quanto você!! Espere e verá!!

      Ainda vou te surpreender!!

      Beijinhos e obrigada pela presença!! 🙂

  • Podegoso Shumy

    Parabéns pelo texto, Cherry. estava justamente pensando nesse game que comprei no meu Saturn essa semana e ainda não tive tempo de joga-lo. aguardo a próxima matéria sua

    • Cherry Pie

      Valeu Shumy!!

      Jogue mesmo, viu?? Sou mega suspeita pra falar, já que tenho a capacidade de encarar puzzles por horas a fio (Ainda quero repetir minha conquista pessoal de chegar ao Lv. 100 no Columns. Por enquanto não consegui, mas continuo tentando…)

      Continue sempre acompanhando cara!! O pessoal aqui é meio doido de vez em quando, mas pode apostar que as matérias são massa, sempre escritas com muito carinho e dedicação.

      Valeu pelo comentário. Inteh XD