RetroReview Especial: Chuva de Tiros no Mega Drive #2 – Gley Lancer


Gley-Lancer-Review-Retroplayers

Dando continuidade a este especial só de “games de navinha” para Mega Drive, estamos trazendo o review de um título obscuro para a maioria dos retro-gamers. Há grandes chances de você nem saber do que estamos falando mas, sem dúvida alguma, este é um dos melhores shooters que você já jogou ou poderia ter jogado. Sendo assim, não perca o oportunidade de saber mais sobre Gley Lancer

 Gley-Lancer-MD-Logo

Se você teve o privilégio de espetar o cartucho de Glay Lancer em seu Mega, considere-se um felizardo. Advanced Busterhawk Gley Lancer certamente não é muito conhecido por essas bandas, o que podemos considerar uma injustiça. O game só foi lançado no oriente e por lá ficou “esquecido” por um bom tempo. É claro que, de uma forma ou de outra, os outros continentes tiveram acesso à esta maravilha. Mas foi somente em 2008 que ocorreu oficialmente o lançamento do título ao resto do mundo, por meio do Virtual Console do Wii, que mais uma vez fez um grande favor a nós retro-gamers.

Pode parecer piada de mal gosto mas, segundo especulações na internet, o nome deste clássico deveria ter sido Grey Lancer, com R, mas por um erro de “plonúncia” japonesa, o mesmo foi lançado com esta leve “altelação” na “esclita”. Bem, isso não quer dizer muita coisa pra gente. Seja com L ou em seu nome, um título como este merece toda a nossa atenção e sou muito grato aos emuladores por tê-lo conhecido, pois trata-se de um trabalho muito bem feito pela Masaya. Quem jogou Gley Lancer o considera como um dos melhores shooters para o console e nisso eu tenho de concordar. Arrisco a dizer que supera Thunder Force em III ou IV em diversos aspectos. Mas sou suspeito em falar, visto ser esse um dos meus shmups favoritos. O game traz ótimos gráficos, trilha sonora refinada e uma agradável jogabilidade. E como diferencial, a narrativa de sua estória é feita por meio de animações no estilo mangá, o que dá um toque todo especial ao game. As imagens com os textos aparecem nos intervalos das missões, no decorrer da jogatina. Hoje em dia isso não é novidade alguma, mas para a época, raramente nos deparávamos com detalhes como este em nossos saudosos consoles, não é mesmo?

   

A estória desta aventura se passa em 2025. Ao invés de um super herói clichê, os acontecimentos giram em torno de Lucia, uma jovem de apenas 16 anos, piloto de caça da Federação da Terra. Apesar da idade, a mocinha demonstra coragem digna de invejar qualquer marmanjo. Quando a humanidade entrou em guerra com uma desconhecida raça alienígena, o pai da jovem, um renomado almirante da Federação foi capturado e teleportado pelos extra-terrestres no momento em que sua nave se afastava da zona de combate. Com o coração abatido, porém determinada, Lucia decide enfrentar o desconhecido. Auxiliada por um de seus amigos, ela sequestra o protótipo de caça Glay Lancer e parte em busca de seu pai.

   

   

Os cenários são diversificados, podendo ser o próprio espaço, crateras ou os corredores super estreitos das estações espaciais. Em um dos cenários estão presentes chuvas, aparentemente de meteoritos e outros destroços que, além de enriquecer o visual, interferem diretamente no desafio. A direção de seu caça é sempre voltado para a direita, mas variando um pouco a jogabilidade, em determinados cenários a rolagem da tela muda para a horizontal, podendo subir ou descer.

Como ocorre em outros games do gênero, você também conta com o apoio de PowerUps e naves ou canhões auxiliares.  As possibilidades de customização de seus tiros é bem diversificada. Uma tela de seleção mostra a situação, ensinando o funcionamento de cada padrão de disparos.

   

São sete formações de ataques diferentes à sua escolha. Você deve optar por uma delas antes de iniciar sua missão e continuar com a mesma até o fim, podendo trocá-la apenas na tela de continue, caso tome um Game Over. O diferencial fica por conta da trava dos tiros que é feita com o botão C pressionado. Com ele você fixa a direção dos disparos efetuados pelos canhões auxiliares, podendo alcançar praticamente todas as posições na tela. É um recurso que acaba incrementando o desafio, e que obviamente exigirá um pouco mais de sua habilidade na hora do “vamo ver”. Mas não há nada a temer e com um pouco de prática tudo se resolve.

Ao todo são seis tipos de armas diferentes. Durante a troca delas ou em alertas de perigo, são utilizadas vozes robóticas digitalizadas  (em inglês). Interessante dizer que neste shmup você não perde os canhões auxiliares se estes sofrerem impacto ou receberem tiros dos inimigos. Sendo assim, preocupe-se apenas em manter seu caça inteiro. Com o botão A você controla a velocidade do protótipo, e isso pode ser feito em tempo real ou com o game pausado. Acredite, o uso deste recurso é muito útil e praticamente obrigatório, pois a velocidade de rolagem da tela, o comportamento de alguns chefes de fase e a espessura do caminho por onde sua nave trafega podem variar com frequência.

Apesar de não ser grande a quantidade de textos presentes nas cutscenes, é provável que haja o interesse em compreender melhor os acontecimentos. Sendo assim, para você que não entende nada de japonês, mas arranha o inglês, uma boa notícia: é possível jogar a versão traduzida do game (agradeça aos Rom Hackers por isso). Utilize o Lunar IPS e aplique o patch da tradução. A versão da Rom que utilizei foi a Gley Lancer (J) [!]. Não tem segredo, é só seguir as instruções do programinha que em apenas alguns cliques sua Rom será traduzida e sem precisar de instalação de software.

Sim, este é um belo game de doze fases. Se assim como eu, você não teve a oportunidade de jogá-lo no passado, sinta-se na obrigação de experimentá-lo. Pra você que é colecionador, fique sabendo que Gley Lancer é encontrado a preços bem salgados pela internet. Eu terminei esta aventura no emulador e digo que valeu cada minuto de jogatina. De quebra fui atrás da trilha sonora que também mexeu demais comigo. Recomendo!!

.

Confira todas as partes deste especial:

#1 – Thunder Force II 

#2 – Gley Lancer (este review)

#3 – Musha

#4 – Elemental Master

#5 – Battle Mania

#6 – Arrow Flash

#7 – Battle Mania Daiginjou

#8 – Thunder Force III

#9 – Eliminate Down

#10 – Air Buster

#11 – Burning Force

#12 – The Steel Empire

#13 – Gaiares

#14 – Sol-Deace/Feace

#15 – Truxton

#16 – Hellfire

#17 – Gadget Twins

#18 – Gynoug

.

Continua…


Sobre Jeff

O Jeff é veterano que começou a jogar games com um Bit System. Ele ama jogos 2D. Criterioso e saudosista, adora os jogos de Nintendinho. Atualmente sua plataforma principal é um PCgamer, Mas jogar é com ele, não importa se num console da Sega, Sony e assim vai!
Adicionar a favoritos link permanente.
  • Vinicius Oliveira de Melo

    Ótimo jogo, ótimo review.
    Continue com a série, e se possível com mais postagens por semana. 

    • Jeff

      Obrigado pelo prestígio Vinicius. A série ainda tem muita coisa pra mostrar.

  • Herbert Gustavo

     Muito bom o review,infelizmente os shooters vem sumindo ultimamente é difícil ver jogos hoje em dia  nesse estilo para consoles atuais :/.Só nos resta aproveitar as jóias do passado…

    • Jeff

      Nossas jóias continuarão vivas em nossas mentes e emuladores, com toda certeza.
      Quanto ao Retroplayers Tube, não temos ainda uma data definida, mas não acho que demora.

  • eu zerei esse game no inicio do ano, é realmente um bom ace shooter. e tem o dedo da Masaya, ela que fez a série de estratégia Langrisser. e uma das minhas favoritas. recomendo muito Gleylancer. pena que o terminei em japonês e não entendi nada do enredo, mas valeu a jogada

    • Jeff

      E aí Leandro, como vai?
      Realmente a Masaya não fez feio na maioria de seus games e Glay Lancer é ótimo mesmo.
      Obrigado pela participação novamente Leandro.

  • aki é rock

     Muito bom esse post Jeff com esse jogo explendido nunca ouvi falar dele mas olhando as configurações de armas me lembra um pouco o R-type.Até o lance do tiro de costas bem semelhante esse vai para a minha lista de jogos a jogar um dia mas ai continue assim postando reliquias como essa beleza .

    • Jeff

      Rock, se eu fosse tu, não demoraria a jogar Gley Lancer não. Não se pode deixar pra depois um game tão bacana como este.
      Infelizmente R-Type não entrará nesse especial, já que não foi lançado qualquer versão da série para o Mega.
      O post continua…

  • Sério, texto muito bom.

    A equipe deveria alternar entre si e postar quase todo dia.
    O Jornal dos retrogamers. xD

    • Fala baixo Daniel. Se o chefe ouvir isso, agente vai trabalhar muito mais…kkkkkkkkkk!!!
      Trazer uma matéria nova a cada dia exige muito tempo livre. Eu bem que queria poder fazer assim mas…

    • Cara, é muito trampo…Quem dera tivéssemos mais tempo.. Ai meu Deus!

  • Two2lu

    Rapaz!! eu me realizo td vez q leio uma matéria no Retroplayers!! Lembro q eu joguei Glay Lancer ainda qndo a gente ia alugar jogos …. era o FDS ferrado no Mega… hehehehe (reconheço q não dei a devida importância ao título e nem terminei, mas, ainda assim, me diverti mt). Parabéns pela qualidade do texto e conteúdo de informações!!

    • E aí meu caro Two2lu, como vai?
      Eu também fazia estes FDSs de jogatina. Ficava horas e horas reunido com a galera. Mamãe brigava às vezes, principalmente quando alguém começava a perder a cabeça e soltava um xingamento mais alto – kkkkkkkkk!!
      Obrigado pela participação e pelo elogio.
      Abraço!

    • Soqueroeu

      Eu também fazia esta maratona com os amigos. Reuníamos aos finais de semana e era só alegria, refrigerante e muito game Over também kkkkkkkkkkkkkk!!
      Obrigado pela participação Two2lu.

  • Kanonclint

    No aguardo de Thunder Force IV , o shmups definitivo do Mega drive.

    • Ele estará por aqui, com toda certeza…

    • Jeff

      Aguarde Kanon! Este vai aparecer, certamente!

    • Excelente sim, não sei porque mas prefiro o 3…

  • Cara muito legal essa materia sobre games de nave para mega drive os textos sao otimos e os games nos levam de volta aquele tempo bom gostei muito espero um dia ver uma serie com games que foram lancados pra mega e snes aguardando a proxima materia.

    • Olá Ricardo, como andas?
      Ideias é o que não falta para criar matérias. O problema como sempre é o tempo que é muito curto. Se eu pudesse eu criava mil, mil, mil, mil!!!!

      Obrigado pelo comentário e fico feliz que esteja curtindo.
      Até a próxima!

    • Jeff

      E ai Ricardo, como vai? 
      Fico feliz que esteja curtindo. Pode aguardar que agente vai bolando coisas conforme o tempo permitir.
      Obrigado pelo comentário!

  • Muito bom review desse jogo maravilhoso! Está no meu top 10 de shumps, sem dúvidas para mim é junto o Phelios o melhor shump de Mega.

    • Jeff

      E aí Gilherme, como vai meu chapa?
      Obrigado por comentar aqui. Eu também concordo contigo, Gley realmente é um bom Shmps. E Pode esperar que Phelios vai pintar por aqui também.
      Abraço!

  • Cara… obscuro mesmo! Nunca nem tinha ouvido falar de Gley Lancer, eu acho… por alguma razão o nome não me é estranho, mas o jogo mesmo não lembro de ter visto.
    Enfim, legal saber que ele existe no Virtual Console, talvez tenha sido até por lá que eu vi. Vou ver se pego para experimentar, embora eu já tenha dito que eu seja um zero à esquerda em Shmups e acabo me irritando facilmente por não ter tempo de treinar mais! hehehe
    Quando eu xingar o jogo vou lembrar de te xingar também, pq foi seu texto que me convenceu de procurá-lo! hahaahaha
    Ah, “plonúncia”, “altelação” e “esclita” foi f#%$! kkkk
    Abraço

    • kkkkkkkkkkkkkkkk!!!
      Cara, o Sabat achou interessante usar estes dialetos japoneses…
      Agora se tu não é bom em Shmps, treine aí chapa. Não quero tomar surra não, kkkkkkkkk!!
      Obrigado pelo comentário Caduco.
      Abraço!

    • kkkkkkkkkkkkkkkk!!!
      Cara, o Sabat achou interessante usar estes dialetos japoneses…
      Agora se tu não é bom em Shmps, treine aí chapa. Não quero tomar surra não, kkkkkkkkk!!
      Obrigado pelo comentário Caduco.
      Abraço!

    • Eu achei a rom desse jogo a alguns anos na internet, nem acreditei, em termos de efeitos é muito bom…

  • Bacana esse review, não me lembro de ter visto esse jogo na época das locadoras, apesar de que nunca fui especialista em jogos de navinha rsrs

    Vou experimentar jogar no emulador. Valeu!

    • E ai Elielson, como vai meu caro? Não conheci ninguém que tenha jogado Glay Lancer no console. Você não tem culpa disso. kkkkkkk!
      Quem gosta de Shmups vai adorar…!

    • E ai Elielson, como vai meu caro? Não conheci ninguém que tenha jogado Glay Lancer no console. Você não tem culpa disso. kkkkkkk!
      Quem gosta de Shmups vai adorar…!

  • Elcioch

    bom jogo! mas infelismente pegar roms em portugues não é uma boa! pois quando soube que existia começei a caçar um monte deles, muitos classicos que adoraria ler a historia, mas tive a surpresa que muitos não rodava ou tinha falhas feias no game! cenarios deformados isso quando não trava o jogo no meio do caminho! os erros em portugues era perdoavel! so de poder jogar meu game favorido em portugues eu ja abençoava a pessoa responssavel pelo trabalho!
    outra coisa! existe para abaixar somente os audios dos games? se tem indica ai pra gente! tem jogo que eu adorava ficar ouvindo as musicas!
    valeu pela materia!
    elcioch

    • Olá Elcio, tudo beleza?
      Existem os bons e os amadores no mundo do Romhacking. Existem os games somente traduzidos e os games alterados graficamente, o que em alguns casos trazem bugs, No caso de Gley Lancer, foi feito somente o tradução dos textos e ficou bem feito. Alguns jogos são traduzidos com erro de acentuação, por exemplo, por limitação da própria ROM sabia disso?

      Quanto a problemas de não funcionar, você já percebeu que existem várias versões de uma mesma ROM? Elas existem pois algumas foram alteradas por não funcionarem em um ou outro emulador e precisavam quebrar suas proteções. Teste mais de uma em emuladores diferentes quando não conseguir rodar de primeira!

      Sobre as músicas dos games, eu também curto pakas e sempre estou ouvindo. Segue abaixo alguns links onde você vai achar muita coisa. Atenção para o formato do arquivo, pois alguns precisam de certos players pra rodar, como por exemplo o Foobar2000 e alguns plugins específicos para ele.

      Links:
      http://project2612.org/index.php
      http://www.vgmusic.com
      http://downloads.khinsider.com/game-soundtracks/browse/all
      http://www.zophar.net/music.html

      Boa diversão!!

    • Olá Elcio, tudo beleza?Existem os bons e os amadores no mundo do Romhacking. Existem os games somente traduzidos e os games alterados graficamente, o que em alguns casos trazem bugs, No caso de Gley Lancer, foi feito somente o tradução dos textos e ficou bem feito. Alguns jogos são traduzidos com erro de acentuação, por exemplo, por limitação da própria ROM sabia disso?
      Quanto a problemas de não funcionar, você já percebeu que existem várias versões de uma mesma ROM? Elas existem pois algumas foram alteradas por não funcionarem em um ou outro emulador e precisavam quebrar suas proteções. Teste mais de uma em emuladores diferentes quando não conseguir rodar de primeira!
      Sobre as músicas dos games, eu também curto pakas e sempre estou ouvindo. Segue abaixo alguns links onde você vai achar muita coisa. Atenção para o formato do arquivo, pois alguns precisam de certos players pra rodar, como por exemplo o Foobar2000 e alguns plugins específicos para ele.
      Links:http://project2612.org/index.phphttp://www.vgmusic.comhttp://downloads.khinsider.com/game-soundtracks/browse/allhttp://www.zophar.net/music.html
      Boa diversão!!

  • Elcioch

    opa! valeu pela atenção! sim eu soube de alguns games alterados como alguns piratas que trocava os personagens! e hoje em dia alguns montão um game usando sprites de outros jogos!
    ja percebi que é possivel encontra versão jap, USA, europeu (o contra europeu é decpecionate).
    tinha lido quando caçava rom traduzidas sobre esta falha de acento, mas sera que no ingles não exite isso?
    alem de testar em emulador diferente descobri que mesmo usando mesmo emu mas em pc diferente tambem faz a diferença! what??
    pois é! foi por ter se tornado uma caça e um tormento so pra jogar um game que ja tenho no emu sem tradução que acabei dessitindo!
    mame então (arcade) ferrou de vez!(acho, ja que não permite renomear a rom, imagina modoficar o texto)
    me contentava em apenas ver um video do game traduzido para não ter que procurar mais!
    que pena que precisa de plugins para rodas essas musicas de games!
    espero que ja as tenha no meu com-puta-ador! sonic é o melhor!
    e existe tambem pequenos grupos que toca musicas classicas dos games! um deles
    http://www.megadriver.com.br/3.0/pt/
    pela web ja achei disponivel sonic 1 completo e elviento!
    tambem ja tentei extrair somente as musicas do games, mas foi um fracasso total!
    vou aproveitar e ver esses suas dicas!
    cara valeu mesmo por sua atenção!

  • Elcioch

    cara eu vou te pedir mais uma força na dica! abaxei o codec! preciso intalar? ou devo pegar o que veio e joga-lo na pasta do windows player? e pra ajudar esta pasta que mencionou não tem! mas tem! icon,  media render, network sharin, pt-br, skin e visualizations e outros arquivos fora da pasta!
    bom! é só! valeu pela atenção!

    • Elcio, você tem de instalar o player Foobar2000 e ir até a pasta onde ele for instalado e colocar os codecs dentro da pasta components que você vai encontrar lá. Esquece o Media Player, pois o mesmo não lê a maioria dos tipos de arquivos de música de video game.

  • So falo uma coisa, imagina Gley Lancer no Super Famicom, quem acha que ficaria bom?

    • Beleza Renato? ^^

      Creio eu que o game teria que ser muito bem programado para ficar aceitável no SNES, ou pelo menos, seriam retiradas muitas camadas de profundidade e a quantidade de inimigos e projéteis na tela teria que ser bem menor para que o game rodasse suave… se bem que poderiam utilizar algum chip no cartucho para resolver esse problema crônico do snes, que foi o que impediu o console de ter mais shmups do que teve.

      Acho que a praia do Snes é mais jogos de aventura e rpg mesmo ^^ shmups é no Mega e PC Engine!

  • Já joguei muito esse carinha, mas todas as vezes nos Emuladores.

    • É Jefferson…Quem não tem console, detona nos emuladores…

  • Tive o Gley Lancer na epoca, era o meu jogo preferido (de nave) no meu mega drive até ganhar um sega cd com “Silpheed”…. Hj em dia o procuro para comprar mas so acho versoes Repro duvidosas…

    • Fala Marcelo. Como vai meu caro?
      Você com toda a certeza foi um afortunado por ter jogado este clássico no console.
      Glay Lancer custa muito nos sites como e-bay. Se não for por nostalgia absoluta, é preciso ser colecionador para gastar a grana que os caras pedem. Boa sorte!

      Obrigado pelo comentário brother!!

  • Louriberg França Costa

    Adquiri recentemente um cartucho original do Gleylancer com capinha e tudo, fiquei feliz pra caramba, porque é difícil a gente encontrar cartuchos de Mega Drive em tão bom estado. O game é excelente, tem uma trilha sonora magnífica, gráficos belíssimos e é um dos jogos que mais aluguei na época das locadoras. Viva os shmups…

    • Louriberg, como vai?
      Amigo, esse foi um dos primeiros games que joguei antes de realizarmos este especial de jogos de navinha. Me apaixonei por ele. De maneira que, pessoalmente acho que é um dos melhores games de Mega nesse estilo.
      Como dito no texto, a trilha sonora supera de longe a de games muito mais famosos.
      Bom saber que gosta de shmups, que é também um dos meus estilos de jogos favoritos de todos os tempos.
      Obrigado novamente por comentar no Retroplayers.
      Grande abraço!

  • ¨Pode parecer piada de mal gosto mas, segundo especulações na internet, o nome deste clássico deveria ter sido Grey Lancer, com R, mas por um erro de “plonúncia” japonesa, o mesmo foi lançado com esta leve “altelação” na “esclita”. Bem, isso não quer dizer muita coisa pra gente. Seja com L ou R em seu nome, um título como este merece toda a nossa atenção e sou muito grato aos emuladores por tê-lo conhecido, pois trata-se de um trabalho muito bem feito pela Masaya.¨Não sabia ou tinha percebido isso. Assim como Ayrton senna gp ou super mônaco gp2…Gley lancer deveria ter saído uma versão Mega CD da vida…já que os japoneses adoravam fazer jogos com novelinhas anime…bons tempos de Earnest Evans. Adorava o Mega cd!!!! Acredito que o que faltou na série thunder force foi mesmo as novelinhas anime no jogo. Gley lancer tem bons gráficos, cutscenes de primeira, boas músicas e jogabilidade perfect…destaque para tudo no jogo…dificuldade na medida dos jogos do estilo… Considero a série Darius da Taito como um dos jogos mais difíceis da minha vida. Bons tempos…foi bom ler esse texto saudoso desse clássico da vida !!!!! valeu!!!!