RetroReview Especial: Chuva de Tiros no Mega Drive #10 – Air Buster


banner

Air Buster apareceu primeiro nos arcades e poucos meses depois foi portado para dentro de casa, com versões para PC Engine e Mega Drive japonês, ambos com o nome de Aero Blasters. Shmup de scroll lateral, Air Buster não é exatamente uma obra prima, mas também não é de se jogar fora e veio marcar presença neste especial. Se formos mensurar a qualidade do título, poderíamos colocá-lo exatamente na média. Vamos então reviver ou conhecer um pouco mais do game?

Air Buster pode não ser o melhor título do gênero a dar as caras no Mega e, diferente de alguns que já passaram por aqui, também não é desconhecido, sendo provável que você caro(a) amigo(a) retro-aventureiro(a) já o tenha jogado, visto ou ouvido falar dele. E se você já tentou jogá-lo e não achou a brincadeira fácil, não estranhe, pois eu e um monte de gente também pensa assim. Por se tratar de um port de arcade, é natural que a dose de dificuldade tenha vindo maior que o esperado, fazendo-nos reféns de muitas telas de Game-Over. O fato é que Air Buster estava o tempo todo na lista de shmups elaborada pelo Retroplayers para este especial e, apesar de não ser um game extremamente atraente como alguns grandes clássicos da artilharia espacial já citados (e outros que ainda estão por vir), não poderíamos deixá-lo de fora.

Típico de games de arcades, uma “estorinha” curta: no ano 2021, a Terra começou a ser atacada pela bandidagem mal intencionada (provavelmente terráquea mesmo) e, adivinhe quem terá de fazer o trabalho sujo para impedi-los. Sim, você e mais um(a) amigo(a), já que em Air Buster, a tarefa pode ser executada por duas pessoas simultaneamente, cada um controlando a sua própria “navinha“. Aproveite e chame seu/sua namorado(a) ou a sogra pra jogar contigo, já que multi-player simultâneo em shmups de Mega Drive são raros.

 aero_md_2-B-corrig

Como dito, a dificuldade em Air Buster é um dos itens que chama a atenção. São apenas 6 fases, mas todas dão um belo trabalho. Tudo bem que no passado eu não tinha tanta habilidade com o título (hoje nem tanto)… Seria a idade? Enfim, em alguns momentos, inimigos malucos surgem por trás de sua nave sem pedir licença, daquele jeito que faz agente soltar algumas palavrinhas bonitas de desabafo. Alguns chefes de fase parecem não sentir o ataque dos tiros mais simples, portanto, trate de permanecer ileso o máximo que conseguir. Para piorar mais um pouquinho a sua peleja, qualquer tiro, por mais simples que seja, irá derrubar seu caça, sem chance alguma para você, e perder uma vida em Air Buster significa perder qualquer power up adquirido. Se isso acontecer nas batalhas mais difíceis, não sinta-se envergonhado em começar de novo, é comum pedir ajuda aos continues. Obviamente, qualquer jogador macho ou “macha” que se dedicar ao título por algum tempo, será capaz de contar uma história diferente da minha mas, fique avisado, ok?

Correct-aero_md_3-B 

Este não é um game tão excitante como alguns que já passaram aqui pelo Retroplayers. Air Buster possui bons gráficos que utilizam muito bem a paleta de cores do console, e tem um som parecido ao que ouvimos no excelente Thunder Force III. Já a jogabilidade possui algumas características com as quais o jogador precisa se acostumar para não se frustrar. Como de praxe, os power-ups existem e são um total de oito, e dentre eles, estão os velhos conhecidos canhões adicionais, mísseis tele-guiados e escudos temporários. Difícil é permanecer com eles.
O game utiliza apenas dois botões durante as batalhas. Um deles obviamente é para atirar e o outro, quando pressionado por um tempo, carrega um flash especial que destrói todos os projéteis e inimigos mais fracos que estiverem passeando pela tela. Durante o carregamento deste, o tiro convencional não pode ser acionado, algo que dura em torno de 4 segundos. Após executar este especial, é necessário aguardar um tempo até que o mesmo esteja novamente disponível. Coletar o power-up preferido é um tanto bagunçado e exige agilidade do jogador, pois eles se espalham e desaparecem rapidamente da tale. Cabe a você treinar os movimentos para alcançá-los com precisão.

 Corrigido-aero_md_8-B Corrigido-aero_md_13-B

Uma das coisas que pode incomodar durante as batalhas e que normalmente não ocorre em games do gênero, é o fato de seu caça ficar sem poder atirar por um pequeno instante, fato que acontece logo que você perde uma vida, ao passo que a nave se desloca automaticamente para o centro da tela sempre que isso acontece. Esse é o momento em que, normalmente agente aproveitaria a imunidade temporária da “navinha” para distribuir umas boas rajadas na fuça dos inimigos, mas aqui isso não existe! Particularmente, considero uma falha, ainda que proposital por parte dos programadores. Além disso, a movimentação do caça durante o recuo é  um pouco mais lenta que ao avançar. Podem ser só detalhes, mas foi o que em minha opinião estragou um pouco a diversão.

Um game simples, fato. Não há muita coisa a ser dito do título. Um de seus destaques fica por conta do multi-player simultâneo que torna a jogatina mais divertida. De qualquer forma, Air Buster poderia causar uma melhor impressão, e por pequenos detalhes a melhorar. Ainda assim, pode trazer boas lembranças de como eram feitos alguns shmups da época. Se você não o jogou, experimente, pois com certeza Air Buster não é o pior game de navinha do Mega que você poderia encontrar, mas que fique avisado: ficar sem power-up neste game acaba deixando o jogador irritado, pois fica muito fácil perder vidas. Sendo assim, treine bastante antes de sair dizendo por aí que você é o cara que manja muito de shmups, ok? Este certamente vai lhe exigir paciência.

Como sempre, galera retro-aventureira, obrigado por sua leitura. Ficaremos gratos se dividir suas experiências conosco. Comentem!

Confira todas as partes deste especial:

#1 – Thunder Force II 

#2 – Gley Lancer

#3 – Musha

#4 – Elemental Master

#5 – Battle Mania

#6 – Arrow Flash

#7 – Battle Mania Daiginjou

#8 – Thunder Force III

#9 – Eliminate Down

#10 – Air Buster (este review)

#11 – Burning Force

#12 – The Steel Empire

#13 – Gaiares

#14 – Sol-Deace/Feace

#15 – Truxton

#16 – Hellfire

#17 – Gadget Twins

#18 – Gynoug

Continua…


Sobre Jeff

O Jeff é veterano que começou a jogar games com um Bit System. Ele ama jogos 2D. Criterioso e saudosista, adora os jogos de Nintendinho. Atualmente sua plataforma principal é um PCgamer, Mas jogar é com ele, não importa se num console da Sega, Sony e assim vai!

Adicionar a favoritos link permanente.
  • Renan

    Entre snes e megadrive eu prefiro o mega por seu estilo “arcade dentro de casa”. Sobre a dificuldade, existe algum shmup fácil ?
    Vou já conferir este jogo no emulador.

    • Realmente Renan, shmups fáceis são raríssimos e não me lembro de nenhum deles. Boa jogatina!

      • Renan

        Você não estava exagerando quando citou a dificuldade. Neste jogo até pegar os power ups e escolher o tipo de tiro é difícil. Perder uma vida com o tiro super poderoso é quase um game over. Sobre a dificuldade arcade no mega: tantas vidas, tantos continues e GAME OVER.

        • Exatamente assim. Sem Power Ups, tem de ser muito macho mesmo Renan!

  • Aki é rock meu irmão

    Me parace ser um bom jogo vou baixar pra ver .

    • rock, tem melhores mas esse não é o pior shmup de Mega Drive.

  • Rapaz, eu podera jurar que eu vi versão para SNES desse jogo, mas deve ser devaneio meu kkkkkkkkkkk

    • Rapaz, acho que a dieta de coca-cola afetou seu cérebro
      kkkkkkkkk! Air Buster somente no mega e pce.

      • huahuahaua vou voltar a tomar coca… meu cérebro está tendo convulsões!!

  • Ricardo Cérbero

    Mais um pra fila.

    Abraço.

  • elcioch

    o que curti neste game foi que ja na primeira fase temos um cenário de uma cidade que mais a frente é bombardeada e fica em ruínas! a primeira jogada ja deu pra sentir o drama! joguinho difícil!
    e quando surgiu a nave que joga os POWER UPS! opa é agora que vou ver que tipo de tiros extras possui, mas logo vi que elas caíram direto par fora da dela ao invez de ficar flutuando permitindo que os pegue! sacanagem neste game você tem que correr e fazer uma bela manobra para conseguir coletar o máximo possível dos ups! e não posso esquecer tambem do design das naves chefes do game, são bem bacanas!
    enfim é vero que este não é um jogo que traga um brilho gigante, mas é um game feito com boa vontade o suficiente para ao menos agradar sem que o jogador diga que bosta de game!
    e o pior é que esses games merecedores de tal titulo existem!
    ta na minha coleção! e só terminei este graças aos meus truques sujos! GAME GENIE NA VEIA VEIO!!! KKKKK

    • Elcioch meu véio, eu não sou adepto ao game genie mas esse jogo bem que mereceu mesmo. Tremenda sacanagem essa dos power ups, e pode crer que, apesar de raros existem mesmo jogos de navinhas ruins.

  • eu o terminei…penando muito, mas consegui. a primeira fase é a mais linda graficamente. tava tudo bem na cidade, quando há um bombardeio, a deixando em ruínas. muito impressionante. derrotei o chefe dessa fase com os missieis direto. a partir da terceira fase, foi ficando complicado. e a ultima fase, Death Circus…aqueles malditos cubos esmagadores…e a nave final lança umas bolas coloridas chatas de desviar com velocidades diferentes que confunde a gente. após perder muitas vidas, dei cabo e terminei o jogo.

    não supera Gaiares, mas é legal.

    • Bom trabalho Leandro! e Realmente, não supera Gaiares mesmo!

  • sergio

    Brother, pelo amor de deus, cadê HellFire? Jogo muito bom, dificuldade na medida, música excelente, fases criativas, cadê HellFire pô?! rsrsrsrsrs Abraço. RetroPrayers rules!!!

    • Fala Sergio!
      Amigo, creio que Hellfire também vai pintar por aqui. Vamos esperar, ok?

  • Se eu disser que eu nunca joguei vc vai ficar espantado? Não, né? Não joguei nada de shmup pra Mega Drive pelo visto! kkkkk
    Mas esse jogo me pareceu até que interessante, principalmente pela possibilidade de jogar “de dois”. Multiplayer cooperativo é sempre bem vindo pra mim.
    Essa de vc entrar na tela “piscando” sem poder atirar é muita sacanagem, hein? Se foi proposital, os programadores/designers tão com todas suas gerações xingadas pelo público gamer no geral.
    Outro bom post, Jeff!

    • kkkkkkkkk!
      Ou você não conhecia ou não é páreo para eles em Caduco? Não se envergonhe, não acontece só contigo. O legal dessas matérias, é que agente acaba conhecendo muita coisa interessante, não é mesmo?
      Valeu pela postagem!
      Abraço!

  • Matheus Henrique Soares Lima

    O jogo é foda pra carai, mas devo dizer que a que os conteines da última etapa foram colocados apenas para roubar fixas da forma mais descaradas possível, mas zerei me sentido a ultima bolacha do pacote. Agora irei conquistar os jogos de navinha do ps3, começando por Sine Mora.
    PS: zerei graças a Gradius, pois depois de chegar na 3° fase desse os meus reflexos tinham melhorado bastante, mas irei deixar esse clássico pra depois.

    • Parabéns Matheus!
      Nada como um belo clássico das antigas, desses de arrancar os cabelos pra melhorar os nossos reflexos, não é mesmo?