Finalmente está disponível o livro GAME CHRONICLES!


Finalmente está lançado, disponível para download de maneira gratuita ou em versão física pelo preço de um hot-dog com suco bem aguado, o livro Game Chronicles! É a primeira empreitada do excelente site de games antigos Jogo Véio produzindo um livro, e os retroplayers de plantão estão entusiasmados com esse petardo co-assinado pelos véios Ítalo ChiancaEidy Tasaka!

A ideia de reunir vários amigos para “nostalgiar” em forma de um livro, foi do meu parceirão e redator  Ítalo Chianca, que encabeçou o projeto desde a sua concepção, e na peneira do cara só passaram cronistas que têm envolvimento com os videogames desde muito cedo, seja como jogadores ou no mercado editorial. Assim, é óbvio que cada um deles tem material de sobra e muitos causos interessantes para contar, eu me incluindo no meio desse pessoal afortunado.

Game Chronicles

Olha que belezura fica o livro impresso na estante!

.

O livro é formado por 26 crônicas distribuídas entre as suas 218 páginas, e promove um grande passeio pela história dos videogames e pela infância de quem quer que tenha segurado um joystick nas mãos durante as décadas de 80 e 90. Algumas histórias relatam peraltices dos autores, quase sempre coroadas com um sermão e um castigo; enquanto outras se entrelaçam com as dificuldades vividas pela população brasileira durante os tempos de crise. Afinal de contas, os videogames são considerados ainda hoje, artigos de luxo!

São ao todo 19 redatores revisitando sua infância, suas primeiras experiências com os jogos ou passagens marcantes de suas vidas, e a única coisa que eles esperam como retorno por todo esse trabalho, é que você, caro amigo retroaventureiro, se identifique com as passagens do livro e também se sinta à vontade para falar dos seus tempos de molecagem e videogame. E isso tem tudo a ver com a proposta não só do Jogo Véio, mas também do próprio RetroPlayers! Confira agora a lista dos autores que assinam o livro Game Chronicles:

  • Alberto Canen
  • Claudio Balbino
  • Eidy Tasaka
  • Fabio Zonatto
  • Gilson Peres
  • Ítalo Chianca
  • Ivan Battesini
  • Jaime Ninice
  • Janderson Oliveira
  • Lucas Rodrigues
  • Lúcio Amaral
  • Luiz Roveran
  • Marcus Garrett
  • Pedro Vicente
  • Rafael Neves
  • Ricardo Ronda
  • Sabat Santos (óia eu aqui, cambada!)
  • Thiago Caires
  • Vitor Tibério

Esse super time de redatores reúne, além do pessoal do próprio Jogo Véio (Eidy Tasaka, Fabio Zonatto, Lucas Rodrigues, e o Ítalo Chianca), um monte de gente fortemente engajada com a cena retrogamer atual, e isso deixa o livro ainda mais denso. Caso não esteja associando, vamos citar alguns nomes: o Marcus Garrett é o autor dos livros 1983: O Ano do Videogame no Brasil, 1984: A Febre Continua, além de ter lançado recentemente um documentário que amplia ainda mais a sua obra. Seus livros estão disponíveis para download de maneira gratuita, mas você também pode adquirir a versão de luxo, que nós recomendamos fortemente. Ivan Battesini, Ricardo Ronda e Jaime Ninice (e também o Ítalo, agente duplo infiltrado no Jogo Véio) são parte integrante da Revista WarpZone, grupo responsável por algumas das mais importantes publicações sobre games do Brasil, como o espetacular livro Mega Drive Definitivo. Isso tudo fora o Tio Sabat aqui, Big Boss da equipe e do site RetroPlayers, que sou o mais vendido de todos e escrevo pra todo mundo.

Então, caro amigo, é só clicar no banner a seguir para ler ou fazer o download desse maravilhoso livro, e se você quiser adquirir a versão impressa, é só encomendá-la diretamente pelo site do Clube de Autores clicando AQUI. Vale citar que essa versão não rende nenhum lucro para os autores ou para o Jogo Véio, tendo como custo apenas os valores relativos à produção e entrega do material. Os caras são realmente MUITO gente finas!

Game Chronicles

 


Sobre Sabat

Dono, Chefe, Gerente, Cara da Xérox e Tia do Café do RetroPlayers! Meu negócio? Falar sobre games. Como? Escrevendo meus trabalhos, gravando minha voz horrível, ou filmando minhas humildes proezas! Onde? Aqui, ali, ou onde quer que me chamem!
Adicionar a favoritos link permanente.
  • show de bola!!!! estou lendo agora mesmo e vejo relatos e curiosidades da época!!!! O que mais me identifica mesmo é os bons tempos de locadoras…quebrado e só na vontade de jogar, passava horas apenas vendo os caras ali jogando e com o tempo fazia amizades ali mesmo. tinha muita dificuldade para conseguir dinheiro e alugar horas em locadoras. A fase 16 bits da vida passei muito tempo em locadoras: jogava muito no super famicom e no poderoso mega drive, video game nesse calibre era para quem tinha dinheiro mesmo. Depois de um tempo consegui dinheiro e foi onde consegui comprar o meu top game vg 9000 de segunda mão. Com o tempo comprei o meu PC 386 da vida e ao longo desse processo entre 16 e 32 bits consegui comprar o meu psone…Tinha um tempo em que eu sonhava ter um NEO GEO!!!! Tudo aconteceu aos poucos mesmo, com muito trabalho e suor. Adorava essa fase da escola e depois ir na locadora jogar…Fora os bons tempos no Buteko do Se Zé onde passei a jogar muito Street Fighter 2 Champion Edition…foi loucura total até quando apareceu Mortal Kombat e depois as máquinas The king of Fighters 94 e Samurai Shodown 2…era locadora e fliperama. Era tantas opções, pessoas que ali conhecia. Outra coisa interessante foi na época em que tinha torneios…Não participei de nenhum, mas amigos meus conseguiram participar de torneios de jogos Street fighter 2 champion edition e Tekken 2. Máquinas Namco, Sega e SNk era o que prevalecia aqui onde moro…bons tempos mesmo!!!! O interessante é que antigamente existia mais interação com amigos, comparando hoje onde todo mundo fica em casa jogando online…triste isso!!!! Saudades dessa época!!!! valeu!!!!

    • A cara, eu tenho muita história com locadora kkkk A maioria não contei por aqui ainda não XD mas quem sabe XD

  • To lendo e curtindo bastante também.

    • Issaê mano, e não vale chorar com a minha parte XD

  • aki é rock

    Eu baixei a versão digital mas quero ver se no ano que vem compro a minha versão física para ter na minha coleção e quem sabe adiquirir os outros também.

    • Mesma coisa eu mano =)

  • Muito bacana essa publicação. Nostalgia a mais de 8 mil!