Retro Fast: Qual foi o primeiro game que você terminou na vida, hum?


Jogar faz parte. É diversão, é rotina, é obrigação, é tradição, é tudo o que nos move nessa empreitada retrogamística de resgate às nossas memórias perdidas. E existe um fato que sempre vale a pena lembrar e contar, tão marcante que não se perde nunca, e que quando acontece pela primeira vez, se torna uma lembrança tão forte quanto a primeira bitoca na boca da garota alheia (ou não?): o momento em que pela primeira vez, chegávamos ao fim de um jogo de videogame.

Pois é, caro amigo retroaventureiro. Em um dia longínquo, tu terminaste o teu primeiro game, aquele que iniciou a sua longa trajetória de vitórias e derrotas frente àqueles maravilhosos e saudosos aparelhos de etreterimento eletrônico do passado, coisa que em muitas oportunidades, perdura até hoje. Como será que são então estas lembranças aqui dentro da redação do Retroplayers? Quais foram os jogos que a gente terminou primeiro que todos os outros? Vamos as respostas!

A minha história é curiosa, tanto por que eu nem tinha o videogame correspondente ao jogo: Castle of Illusion starring Mickey Mouse, Master System. Eu tinha um Phantom System com dois jogos: o interminável Gauntlet e o confuso Ghost Busters, então não é novidade nenhuma que eu não tenha conseguido terminar meus primeiros jogos do console né! Só que um belo dia, um amigo me pediu o videogame emprestado e deixou comigo um Master System com o dito jogo do camundongo, e assim eu fui jogando, jogado e… desisti! Pois é, caro amigo retroaventureiro, eu era ruim demais, não conseguia terminar nada, minha visão gamística ainda estava no tempo do Atari, sem a complexidade dos 8 bits do Nes e do Master. Quando meu amigo veio destrocar os consoles, ficou pasmo com a minha derrota, e decidiu terminar o jogo todinho pra eu ver. Foi então que a minha mente fez um click, um cadeado se abriu, e eu finalmente comecei a pensar como deveria em relação àquela nova geração de jogos. O Master ficou em casa naquela noite, e mais tarde, joguei novamente e terminei a aventura. A emoção foi enorme, finalmente eu havia finalizado o meu primeiro jogo! O resto vocês já conhecem, ou estão conhecendo aqui no Retroplayers, né pessoal?

.

O primeiro jogo que terminei foi o Super Mario World. O cartucho era pirata e não salvava, mas o destino me ajudou quando fez com que eu descobrisse a passagem secreta para o Mundo da Estrela. Rapidamente eu passei os estágios e cheguei no castelo do Bowser, mandando o vilão para o quinto dos infernos. Aquilo foi tão mágico e inesquecível que de vez em quando eu sonho com o feito.

.

O primeiro game que terminei foi o incrível Mega Man 3. Terminei na segunda vez que aluguei, já que a primeira vez que consegui alugar esse game era em meio de semana, então quase não tive tempo de jogar. Agora, alugando no final de semana, aí eu não fiz mais nada a não ser jogar Mega Man 3, acho que nem comer eu comi. É claro que naquela época eu ainda não dava importância em não usar E-Tank ou derrotar todos os inimigos só com a Buster, então seguindo as armas certas nos inimigos certos e usando muitos E no Yellow Devil e no Dr. Wily, foi possível terminar esse incrível e maravilhoso game e derrotar já logo de uma vez os dois maiores inimigos da história já logo no primeiro game!

.

Bem, disso eu não poderia esquecer. Como Video Game foi considerado por muitos um brinquedinho de gente rica por um bom tempo, em algumas bandas deste mundo, não havia muito o que jogar, senão o game que acompanhava o console. Eu não tive muitas opções de empréstimos de cartuchos na época e quem emprestava um game, o pedia de volta algumas horinhas depois. Assim, o primeiro chefe malvado que mandei pro limbo foi o Koopa de Super Mario Bros (NES), no meu velho, querido e não mais presente Bit System. Aliás, terminei o game muitas vezes até me deparar com outro título. Faria tudo outra vez!!!

.

Sonic do Master System. Foi o segundo console que eu tive contato, sendo o primeiro com jogos com finais, afinal o primeiro foi o Atari e passava horas jogando Megamania, mas foi Sonic que eu vi pela primeira vez um final pra história que eu tava jogando. Foi bem emocionante e depois de um tempo descobri que se eu pegasse aquelas “pedrinhas brilhantes” eu teria um final diferente. E como um bom jogo sempre tem que nos surpreender, anos mais tarde, já no emulador, descobri que o Sonic cantava o tema de Green Hill enquanto rolavam os créditos. Descobri que eu nunca tinha visto isso porque a minha versão do jogo era na memória dele e esse karaokê só existia no cartucho. Lembro-me que quando consegui vencer aquela máquina dos infernos do Robotnik saí gritando na casa pra chamar minha mãe e mostrar meu feito, me senti salvando o mundo, hehehehe.

.

Eu me lembro muito bem, e já até comentei em um dos Retrocasts, foi o Prince of Persia, para meu antigo PC, rodando no DOS 3.3 em 2 “disquetões”. Lembro bem, porque eu tive pesadelos com o final, comigo correndo em um corredor interminável, nunca encontrando a princesa… #SIGNIFICA?

.

O primeiro jogo que terminei realmente foi na época do Master System. Na verdade os jogos que vinham na memória do Master System não tinham final (HangOn e Safari Hunt) e só depois de um tempo eu ganhei meu primeiro cartucho de Master System que foi o antológico Double Dragon dos famosos lutadores Jimmy e Billy. Um jogo cheio de chefões, fases e uma trilha sonora espetacular. Me lembro quando cheguei no castelo e consegui ir até o tapete vermelho onde você encontra o terrível Willy Mackey, mais conhecido como “Metralha” aqui pela galera. Depois de muitas e muitas tentativas eu finalmente consegui derrotar ele e para minha surpresa ainda existia mais um duelo, entre os dois jogadores, para ver quem iria ficar com a Marian. Me lembro que eu e meu irmão lutamos com todas as forças para ver quem ficaria com ela e assistiria o final compensador depois de tantas lutas. E vale lembrar que o vencedor beijava a Marian e dava uma apertadinha na bunda dela no final do game…hehehehe!

.

Olha só… o primeiro jogo que eu terminei está entre os 10 jogos de Nes que eu tive primeiro… mas acho que Ducktales foi um dos primeiros… ou até quem sabe o primeiro… Quando ganhei meu Nes do meu tio vieram vários jogos juntos: Duck Stories (Duck Tales), Double Dragon 3, Ninja Ryukenden 2, Mega/RockMan 3, e mais alguns outros que não citei. Foram os primeiros jogos que tive contato e que possuíam final, diferente de quase todos do Atari que não tem… Mas o primeiro precisamente não tem como eu me lembrar, eu tinha 6 anos pow! Só acho que foi Duck Tales por que me marcou muito, eu me senti como se tivesse assistido o final de um filme… foi bem gratificante e satisfatório!

.

Fim de papo, estes foram os relatos das primeiras experiências com finais de jogos da Equipe Retroplayers. Agora é com você, caro amigo retroaventureiro. Mande a sua ^^

Continua…


Sobre Sabat

Dono, Chefe, Gerente, Cara da Xérox e Tia do Café do RetroPlayers! Meu negócio? Falar sobre games. Como? Escrevendo meus trabalhos, gravando minha voz horrível, ou filmando minhas humildes proezas! Onde? Aqui, ali, ou onde quer que me chamem!
Adicionar a favoritos link permanente.