Prepare o bolso: vem aí o Super NT, o SNES HDMI 1080P da Analogue


Super NTLembram-se do NT Mini, o Nintendinho da empresa Analogue feito 100% em hardware, com suporte a HDMI 1080p, acabamento em metal de altíssima qualidade, controles sem fios, compatibilidade total com cartuchos e acessórios do sistema, e que custava os olhos da cara mais um rim? Pois bem, a empresa acaba de anunciar que está preparando agora, uma versão do SUPER NINTENDO nos mesmos moldes do NT Mini, e o negócio parece que ficou lindo demais! Confira a cara do Super NT e as suas cores disponíveis:

De acordo com as especificações, o Super NT é um aparelho totalmente livre de qualquer emulação e que foi projetado em cima de um chip faz-tudo FPGA, mas não com uma programação meia boca como a do Novo Mega Drive da TecToy: a julgar pelo que conhecemos da Analogue, podemos ter certeza de que, quando eles dizem que o aparelho será 100% compatível com todos os jogos e acessórios do videogame, que a qualidade sonora será 100% fiel à original, e que jogaremos nele sem o menor atraso de imagem quando ligado à porta HDMI da sua TV, eles estão dizendo a verdade.

Seguem as especificações do Super NT tiradas direto da página da Analogue:

Compatibility
  • – SNES cartridges, Super Famicom cartridges*
  • – Region Free
  • – Worldwide Compatibility [PSU: 100-240v, 50-60hz]
Video
  • – HDMI 1080p/720p/480p
  • – NTSC & PAL Support
  • – Lag free, zero signal degradation
Audio
  • – 48KHz 16 bit
  • – Digital audio via HDMI
Special Features
  • – Original-style SNES/SFC Controller Ports
  • – SD card firmware updating [via Super Nt SD card slot]
Other Features
  • – Scanline options
  • – Scaler options
  • – Horizontal position adjust
  • – Horizontal stretch
  • – Vertical position stretch
  • – & more

Super NT

O aparelho vai custar U$189,99 Trumps, será lançado em Fevereiro de 2018 e já está em pré venda no site da Analogue. A bola fora é que no pacote do Super NT não vem nenhum controle!! Como ele é 100% compatível com controles de SNES, a desculpa da empresa é que você pode comprar ou usar um destes controles antigos para tirar o máximo de proveito nostálgico do Super NT. Se você quiser o controle sem fio, terá que desembolsar mais U$39,99 Trumps, que arredondando, elevaria o valor do produto para U$ 220,00 Trumps. Na cotação atual do dollar, esse valor equivaleria a exatamente R$700,00, mas claro, sem impostos e sem margem de lucro de lojista brasileiro, por que com isso deve dar uns 5 mil Reais só…

Brincadeiras (bem realistas) à parte, o gamepad sem fio virá com um receiver que deve ser acoplado à entrada de controles do Super NT, e o legal é que esse receiver é compatível também com controles de PS3, PS4, com o Wii Mote e com o Wii U Pro Controller.

Super NT

Vale a pena? Muito provavelmente sim, ainda mais se levarmos em consideração duas coisas: o preço do primeiro aparelho da Analogue, o NT Mini, que custa a bagatela de U$449 Trumps (coisa de luxo MESMO, o Super NT também tem um acabamento lindo e custa metade desse), e o preço do SNES Mini, que é um aparelho emulado que passa longe de ter a qualidade dos produtos da Analogue, e é vendido por uma fortuna em qualquer lugar onde ele apareça.

A verdade é que se você quiser ter qualquer um destes aparelhos novos, terá que começar a juntar as moedinhas agora mesmo!


Sobre Sabat

Editor Chefe do RetroPlayers, Redator e Editor nos Livros e Revistas WarpZone, Podcaster e editor de áudio, Saudosista, e Analista de Informática porque algo tem que dar dinheiro né!

Adicionar a favoritos link permanente.
  • ZEMO

    Tou fora, Sabat! Muito caro! Sou mais meu RetroFreak e seus emuladores…

    • Zemão, esse troço aí é pra quem tem $$$ sobrando viu… sobrando MUITO!!! KKKKKKKKKK

  • Esse console me faz pensar que, tecnicamente, quase ninguém jogou Nintendo no Brasil. E “pior”, em controles dos mais diversos tipos e modelos. Eu tive um Turbo Game e joguei Nintendo real apenas duas vezes na vida em uma locadora. Ironicamente não gostei da pegada do controle, embora a sensibilidade dos botões fossem sensacionais.

    • JURO QUE NÃO ENTENDI MANO!!! XD

      • Esse Super Nintendo é um clone. Daí eu lembrei de outros clones. Como a era 16bit foi forte no Brasil com os originais eu lembrei dos clones de 8bits. Eu fiquei pensando que este clone do Super Nintendo faz lembrar os clones de NES aqui no Brasil do ponto de vista de ter ou não ter um console original.

        • AGORA ETENDI!!!! HAUHAUHAUA
          Realmente, ninguém jogava NES original por aqui, era tudo clone, 99%. O meu era um phantom =D

  • Esse preto é bonitão, pena que eu não tenho grana pra essas coisas…

    • Fala João!! Nem eu cara, nem eu…. Vontade dá, muito bonito e aparentemente perfeito o console, mas o $$$ tá em falta aqui no bolso XD

  • Tiago Camargo

    ridículo os valores destes video games retro que qualquer hardware android roda liso. Exploração pura.

    • Cada um tem o seu ponto de vista =) O meu quanto a esse aparelho, é bem diferente do seu: eu adoraria ter um, pois trata-se de hardware e não emulação, e emulação de SNES até hoje não é perfeita, pior ainda em android! O preço também não é ruim pela qualidade do produto: somos nós que moramos em um país onde a taxação é absurda, o que eleva o preço desses produtos a um nível incompatível à média salarial do brasileiro.

      • Tiago Camargo

        sim.. diiiscordamos. Se o sr aceita pagar caro em uma tecnologia barata pq é retrô e tem um formato parecido com o snes, vai lá. Com uma impressora 3d qq plástico pode parecer um snes. Por isso mesmo eles exploram, pq tem quem compre.

        • Tiago, se você está falando a nivel de Brasil, dá pra tentar entender a sua bronca, ma se vc está falando a nivel mundial, então o que vc diz não tem o menor fundamento, pq esse valor em países de 1º mundo é dinheiro de mesada. No Brasil, somos explorados em tudo. O seu carro na sua garagem custa 400% mais caro do que deveria, seu celular pelo menos 150%, a comida que você come é vendida para você mais caro do que é exportada, não adianta você chegar e dizer que O SNES DE TAL LUGAR É UMA EXPLORAÇÃO por que você mora em um país onde você é explorado por todos os lados e se vc quiser viver aqui com algum conforto, vai ter que bancar a exploração. Quanto a esse parelho, se você se contenta com o emulador chinfrim de SNES para android que roda muito pior que os emuladores de PC que já não são lá grande coisa, OK, é seu gosto. Eu não me contento, prefiro jogar no próprio SNES com um cartucho de rom com cartão SD. Só que como a imagem fica uma bela merda na TV LCD, eu adoraria então ter um produto desse nível aqui em casa para usar meus controles originais, cartuchos, adaptadores e acessórios, coisas que você não vai usar no seu Android e talvez nem faça questão disso, mas eu faço. Isso tudo não tem nada a ver com “é caro por que tem quem compre” simplesmente por que isso é coisa lá de fora, e lá fora esse preço é absolutamente normal pq o poder aquisitivo em um país de 1º mundo é outro. Ninguém venderá esse aparelho no Brasil, e se vc comparar com por exemplo, o SNES MINI, que custa 80 doletas e não passa de um emulador absurdamente limitado onde você só usa o que veio nele ali e pronto, 180 é um preço mais do que justo em um aparelho 100% compatível com hardware e software original, sem emulação, e com saídas digitais de som e vídeo com upscalling real a 1080P.
          Agora… impressora 3D? kkkk não cara, aí não.

  • A geração atual não compreende a Geração Coca Cola!!!! essa é a verdade!!!! muitas pessoas falam em jogar em emuladores e que jogos 16 bits são ultrapassados…fico triste com isso. Fico contente que o super nintendo ainda faz parte da minha vida e de muitos. Olhando essa pérola vejo que a fase 16 bits ainda pode nos proporcionar muito em termos de diversão. Emulador é um quebra galho…e jogar no super nintendo é melhor ainda. Sé vendo essa pérola na minha frente é que poderei analizar melhor em termos de jogar e filtros…prefiro ver os jogos das antigas nos seus moldes da época e não em Hd e ¨filtrado¨ demais…bons tempos da Caxinha que colocava atrás da tv (

    Caixinha Conectora Antena Tv Game Rf) Só quem viu a fase sega vs nintendo sabe o que é bom de verdade!!!! valeu

    • Então mano, é que se a gente ligar o snes na tv de lcd fica uma droga né kkkkkk Aí um desses resolve o problema XD a imagem continua original, só que em uma resolução compatível com a TV =)

  • Desculpe o atraso no comentário, deve ter sido o tema que me deu lag.

    Bonitão o negócio, se eu fosse rico compraria um e um SD2SNES. Por enquanto fico no Pi mesmo que é baratim… rs

    • ahuhauhua é, o pi é baratinho, eu até queria um, mas não ando com dinheiro nem pra um desse XD

  • Mario

    Altas tretas nos comments! Huehuehue…
    Enfim, achei lindão esse negócio. Mas é aquele negócio, bom gosto a gente tem, só falta dinheiro. Se eu tivesse dinheiro faria um quarto chamado mundo do Mario ( Mario World? ) com tudo quanto é video game e todas essas paradas retrô, um sofázão e frigobar. Se bem que apenas descrevi o desejo de (quase) todos os retro gamers né?
    O que futrica tudo é a economia brasileira! No site da Americanas o Snes classic edition tá R$1049,00,no mercado livre ele sai por até R$1200,00.
    Fora os impostos, o valor do dólar e etc, os lojistas também somam o valor retrô e que tem muita gente que vai comprar por isso. Por que se for levar em conta o hardware, fica totalmente incondizente. Coloco mais uma merreca vendendo meus tickets alimentaçãorefeição e compro um Ps4 ou X-box one .
    O problema não são as empresas que lançam esses produtor “para explorar”. São empresas e visam lucro, do contrário seriam ong’s e teria videogame de graça pra geral (ehhh imagina!) A economia brasileira que é uma bosta fumegante e duplica, triplica os valores dos produtos. E como somos retrô pobres, velhos e pais de família, temos que pôr na ponta do lápis de acordo com nossas necessidades e prioridades: “Hm…um Ps4 ou uma geladeira?” “Agora compro um X-box One…eh a máquina de lavar quebrou!”…e por aí vai. Devido à esse tipo de escolhas que estou empacado no meu Wii.
    Enfim, o Super Nt é uma coisa linda e eu compraria….se tivesse o dinheiro né…agora dá licensa que vou ali comprar piso pra sala…
    Sabat, grande abraço! E olha o coração! Huehuehue!

    • “bom gosto a gente tem, só falta dinheiro” pronto, fecha o tópico ae produção, Mario resumiu a coisa aqui!

      Cara, é isso. Sim, a gente é explorado, mas isso não se resume a videogames, aí o cidadão quer por a culpa da desigualdade social, da fome e da corrupção no mercado nacional de videogames usando pra isso um produto que nem é vendido aqui kkkkkkkkkk pior é que eu respondo numa boa, e o cara vem com os 2 pés no meu peito!!! Já logo tomou um Hóris, pq a regra é simples: pulou, é Hóris!!
      Você tá certíssimo mano, se a gente quiser um PS4, vai ter que pagar o preço Brasílis mesmo! Não tem jeito, se não quiser, vá morar na Europa. Aí a gente tem que por na ponta do lápis mesmo: compro um ps4 ou troco piso da sala que a chuva estragou? Compro um Switch ou troco os amortecedor do carro antes que eu frature o Cóccix? E tudo parcelado, tudo medido, tudo planejado. A vida aqui é assim, não tem pra onde fugir!

      E o coração, o médico disse que tá batendo, então tá bom XD

  • Debug

    Eles tem um grupo bem seleto de compradores, o preço alto é justificativa disso, que é atingir a galera que gosta de coisas retrô, diferentemente do produto da Nintendo que atinge o tiozão que não sabem nem o que significa Chrono trigger, que dirá se um console é emulado ou não.

    Mas ainda fico à entender que jogada de marketing é essa? Pensando no sucesso do snes mini e que o público retrô já comprou outro console , que provavelmente já possuíam,quais sãos as chances reais desse console vender?

    As únicas opções que consigo ver é, a galera que produziu o console , o fez como forma de um tributo ao SNES , mais como coisa de fã ou então quem está por trás do marketing tá confiante até de mais.

    De qualquer jeito eu fico feliz que esse tipo de coisa esteja acontecendo, sinal que o universo dos jogos está crescendo cada vez mais, mesmo os jogos mais antigos estão aparecendo.