De Jogo novo de Dreamcast a Clone chinês de Double Dragon: é o resumo das notícias do fim de semana


Fim de semana agitado nos principais sites de informação gamer e retrogamer do mundo! É lista secreta de possíveis jogos da E3 que vaza na net, é jogo de Dreamcast aparecendo, é série automobilística que faz aniversário, e por aí vai. E qual a função do Retroplayers? Dar aquela peneirada esperta para deixar passar só as notícias relevantes ao mundo retrogamer, e cá estão elas.

20 anos de Need for Speedy

Pois é caros amigos retroaventureiros, já fazem 20 anos que você jogou Need for Speedy pela primeira vez no seu PC, e a E.A. sabe disso!  A franquia que nasceu como The Need for Speed e logo depois perdeu o “The” do nome para virar sinônimo de game de corrida, recebeu um videozinho comemorativo bem modesto de pouco mais de 1 minuto que a gente traz aqui para você ver, se bem que nostalgia não é lá o ponto forte do vídeo. De qualquer jeito, confiram:

Need for Speed não é pouca coisa não: a franquia já vendeu mais de 150 milhões de jogos desde seu lançamento, e é difícil encontrar ser vivo que nunca tenha posto as mãos ao menos uma vez em algum dos inúmeros títulos existentes. Feliz aniversário para a velocidade!

Opinião do Sabat: lembro que no primeiro jogo de PC, os bugs eram tantos que havia uma lombada que permitia fazer um salto que o carro demorava minutos para cair, era um barato! O game sempre foi divertido, adorava jogar Porsche Unleashed e Hot Pursuit no PSx, aquele sistema de apostar o carro no multiplayer era sensacional! Pra mim, parou por ai, não gostei dos rumos que a franquia tomou, mas é inegável: o nome Need for Speed sempre me será saudoso!

.

Fã traduz ROM de clone chinês de Double Dragon

Precisa dizer mais? Tá bom, um pouquinho né: o que tem de jogo não licenciado na China é uma grandeza, e alguns deles até são bons! Por isso, vira e  mexe algum fã com tempo de sobra resolve traduzir um jogo desses e ele acaba virando notícia na web. É o caso deste clone de Double Dragon chamado Dragon Knife, para Famicom. Se o jogo presta é outra história. Confira:

A movimentação parece digerível, a trilha sonora é original e está até acima do padrão que se ouve na categoria “games não licenciados”, e a verdade é que se a gente fuçar nessa categoria, vamos achar muitos games melhores que centenas de licenciados. Bem, se você quiser testar Dragon Knife, baixe a rom no site da Romhacking, lugarzinho mágico cheio dessas doideiras traduzidas, e use-a no seu emulador de NES preferido.

Opinião do Sabat: Eu já testei alguns jogos de NES não oficiais e digo, não me arrependi não. A versão de Final Fight 3 para o console é simplesmente milagrosa, e alguns games de luta clones de Street Fighter 2 também não fazem feio. Então, por que não experimentar Dragon Knife? Simples: não tenho tempo! Se alguém ai testar, por favor, comente suas impressões!!

.

Novo jogo para Dreamcast no forno!

Hypertension: Harmony of Darkness é um novo game não licenciado para Dreamcast que deve aparecer, vejam só, em mídia física para venda ainda este ano! Trata-se de um shooter em primeira pessoa feito com uma engine criada em cima do código fonte de Doom, e o resultado impressiona, claro, para os padrões Dreamcast.

Os produtores do game, a Isotope Studios e a TDGMods, lançaram em parceria com a publisher Goat Store,  um trailler de lançamento do game que merece ser visto:

O jogo contará com multiplayer versus e cooperativo com tela dividida, muito sangue e uma história que promete não deixar nada a desejar em comparação ao mercado atual de jogos de terror… Bem, essa última não é uma tarefa muito difícil!

Interessado? Fique de olho na Goat Store Publishing, é lá que o game será vendido quando estiver pronto.

Opinião do Sabat: a mim não interessa, mas é legal ver que a cena homebrew (nossa, faz tempo que não uso essa palavra) ainda existe no Dreamcast. Ponto para os fãs do console!

.

Suposta lista dos games a serem apresentados na E3 vaza na internet

Apareceu na internet a foto de uma suposta listagem dos games que as três desenvolvedores de consoles do momento estariam apresentando, e isso é coisa que acontece todo ano, vinda das mais variadas fontes. Só que esta lista está gerando uma repercussão até inesperada, e o motivo são os games que aparecem na descrição de jogos da Nintendo. Confiram a listagem:

 e3 lista games 2014

Soa como um “Sony bla bla bla Microsoft bla bla Nintendo OMG!”. Ninguém espera muita coisa das conferências da Sony e Microsoft simplesmente por que eles não tem nada a apresentar, só os jogos de sempre que estão aí desde a metade do ano passado e que todos já esperam que apareçam nas conferências sem maiores surpresas, mas quanto a Nintendo, nomes como Castlevania SotN 2, TLoZ Shard of Nightmare e Xenogears Origins estão dando o que falar nos fóruns e blogs gamers por ai.

O que sabemos de fato, é que há boas chances de um novo Zelda aparecer durante a E3 e que a Monolith tem um jogo na manga que começa com X, só isso, e a falta de fontes e informações sobre a origem dessa lista a deixa com uma cara danada de brincadeira de 1º de Abril. Só que a data já passou faz tempo, e o que nos resta? Nos resta o Nintendo Direct mais aguardado da história.

Opinião do Sabat: eu realmente não acredito que essa lista seja autêntica, pra mim tem cara de pegadinha mesmo. Xenogears Origins? Duvido que exista, e duvido mais ainda que possa ser algo relacionado ao XShard of Nightmare não está nem perto de ser um nome que Miyamoto ou Aonuma escolheriam para estrelar um game da franquia Zelda… A Lenda de Zelda: Pedaço do Pesadelo??? De jeito nenhum, até soa legal em inglês, mas é um título sem sentido. Agora é esperar o Nintendo Digital Event, que acontece no dia 10 de Junho, mesma data em que a E3 2014 se inicia, para averiguar o que a empresa realmente reserva para os seus consoles.

.

Segunda que vem tem mais, claro, se o final de semana retrogamer for movimentado como este que passou.

Boa semana, amigo retroaventureiro!


Sobre Sabat

Dono, Chefe, Gerente, Cara da Xérox e Tia do Café do RetroPlayers! Meu negócio? Falar sobre games. Como? Escrevendo meus trabalhos, gravando minha voz horrível, ou filmando minhas humildes proezas! Onde? Aqui, ali, ou onde quer que me chamem!
Adicionar a favoritos link permanente.