RP Recomenda: Dust: An Elysian Tail (XBLA/PC)


eisias-reco

Sabe quando você quer jogar algo com um tempero diferente, deixando de lado todo o estardalhaço visual e tecnológico dos games mais complexos desta geração? Sabe quando bate aquela nostalgia, aquela vontade gostosa de voltar mais alguns anos no tempo para tentar reviver os melhores momentos 2D gamísticos de sua vida? Pois é. Se você também sofre deste agradável “mal”, saiba então que está prestes a conhecer um jogo que pode lhe ajudar a saciar essa sensação. Vejamos então mais detalhes do título que inaugura esta nova seção do Retroplayers.

2414420-dust1-copy

Pra você que não conhecia, Dust: An Elysian Tail é um bonito e colorido game, totalmente em 2D, que traz uma mescla de ação e aventura tão peculiar que me chamou demais a atenção na última semana. Não se trata contudo, de um game pixelado como aqueles que jogamos nos 16 bits. Visualmente Dust é moderno, polido e tem cara de desenho animado, o que tem sido uma das fórmulas utilizadas pelos produtores para evoluir alguns clássicos do passado. O game já havia dado as caras na Xbox Live Arcade desde agosto do ano passado e recentemente, mais precisamente no dia 24 de maio, foi lançado para os jogadores de PC, através da Steam. Pelo que venho experimentando da jogatina meus caros amigos, posso dizer que tenho um veredito e afirmo o seguinte: o jogo é uma maravilha, e há um risco muito grande de você também querer experimentá-lo.

Apesar de trazer o selo Microsoft, Dust é totalmente indie em sua essência e criação, tendo sido produzido quase que totalmente por uma única pessoa, o talentoso Dean Dodrill, responsável por toda a programação e design do título (que de início, seria uma animação… Ainda bem que isso não aconteceu!). O solitário programador teve ideias tão boas para o jogo e  levou o projeto tão a sério que despertou grande interesse da visionária empresa do tio Bill, que tratou de financiar e promover o título para a XBLA, e foi desta forma que surgiu um game muito interessante, de jogabilidade e mecânica fácil, que apesar de não ser perfeito, tem MUITO daquilo que os apaixonados por games das gerações passadas gostam.

 

Dando uma pincelada rapidíssima na estória do game, Dust, o personagem que dá nome ao título, é um a criatura canina que perdeu a memória, e de posse de uma espada mágica, agora luta para resgatar suas origens. Sim, clichê, mas tão bem aproveitado que nem se percebe, ainda mais quando começa a sucessão de golpes e a ação ininterrupta que o título proporciona, com direito a combos arrasadores e um pouco de magias de vez em quando! Sim, Dust é um verdadeiro jogaço de plataforma, no melhor estilo Hack n’ Slash, recheado de elementos de exploração e uma pitadinha de RPG, daqueles que mantém uma certa  linearidade para não deixar ninguém confuso  ou perdido em momento algum. Se você jogou ou conhece Muramasa: the Demon Blade (Wii) ou Odin Sphere (PS2) pode imaginar algo bem parecido por aqui. A aventura é composta de muita ação, alguns diálogos e cut scenes, uma ambientação que parece pintura, trilha sonora envolvente, personagem carismático, e a clássica e consagrada jogabilidade do “bata e avance”. Sem dúvida Dust veio para somar como uma excelente opção para você que gosta deste estilo de jogo.

Não tenha dúvida, esse jogo voltará a aparecer nas páginas do Retroplayers muito em breve, pois é inevitável que eu mesmo ou alguém da equipe faça aquele review completo dele. Mas por enquanto, nós aqui queremos mesmo é jogar essa maravilha, e faça o favor de jogar também, pois assim você entenderá por que o RP Recomenda Dust: an Elysian Tail.

 Fim

Sobre Jeff

O Jeff é veterano que começou a jogar games com um Bit System. Ele ama jogos 2D. Criterioso e saudosista, adora os jogos de Nintendinho. Atualmente sua plataforma principal é um PCgamer, Mas jogar é com ele, não importa se num console da Sega, Sony e assim vai!

Adicionar a favoritos link permanente.
  • oscar r.r.

    Muito boa a dica!
    Esse parece que além de uma arte muito linda, não peca na jogabilidade (algo deixado meio de lado em alguns games assim).
    0/

    • Como vai Oscar?
      Obrigado pelo seu comentário meu chapa!
      Dust é daqueles que agente se apaixona por muitos detalhes e realmente o visual do game é um dos primeiros itens que nos cativa. Vale uma conferida com certeza.
      Fique a vontade pra comentar e sugerir.
      Até a próxima meu caro.

  • Caraca, eu topei com esse game na STEAM e ignorei completamente, não esperava que fosse um game tão bom. Eu tiro muitas conclusões precicipitadas e olha só o que perdi hahahaha!

    Essa foi uma ótima dica para inaugurar a nova seção do site!

    Parabéns Jeff ^^

    • Fala Cyber!
      Madrugando aí em cara? He he he!!
      Quero agradecer a sua participação. E olha só, você quase perdeu uma oportunidade legal com Dust hem?
      Estamos aí pra tentar diminuir esses deslizes.
      Ficamos contentes que tenha gostado da nova seção. Grande abraço meu caro!

      • Olha só hein!! Cheguei do trabalho e já vim correndo conferir a estréia do site hahaha!

        Um game desse nível não dá pra deixar passar viu! hehehe

        Forte abraço

  • Leandro alves

    já ouvira falar desse jogo a muito tempo, era indie. mas pelo visto em sites, o povo está gostando dele.

    • E aí Leandro?
      Pois é… É bom quando lançam pra PC, pois o custo acaba valendo muito a pena. O game custa menos de 30 reais, bem menos que nos consoles.
      Tem muita gente comentando de Dust com muita empolgação!

  • Ivo

    Eu baixei esse jogo p/ Pc =) Só pelo trailer ele já me impressionou e agora com o comentário de vocês… vai direto p/ jogatina. =) Muito legal a nova sessão. Parabéns Jeff e galera do Retroplayers.

    • Olá Ivo, como vai?
      Eu também gostei bastante da nova seção. Vai dar pra mostrar muito mais conteúdo em menor tempo.
      Bora pra jogatina menino!!

  • Colonel

    Cara, sentia muita falta desse tipo de indicação aqui no Retroplayers.

    Recentemente adentrei no mundo da Steam, e fiquei BEM perdido com tantos jogos a venda.

    Confesso que cheguei a olhar a conta do Sabat lá pra saber o que ele tinha/queria e me ajudar a conhecer jogos potencialmente bons no meio de tanta coisa disponível.

    Valeu a dica!

    • Sinta-se em casa Colonel!

  • Istemthebronx

    Deixa eu entrar na Steam para pegar esse jogo. Vai ser show!! Obrigado pela dica Retroplayers!!! E excellente rewiew Jeff!

    • Rapidim, vai lá meu chapa!
      Ainda não é um review completo, apenas uma dica rápida, que é o propósito da nova seção!

  • Sirlon Hayate

    Lindo 2D! Saudades desses gráficos em jogos atuais!
    Sempre tem alguns relançamentos.. lindo game!

    • Lindo grafismo mesmo Sirlon. Isso muito me interessa!!!

  • Dan Santos

    Massa!
    Parece ser muito bom, se tivesse tempo eu ate dava uma jogada. Qual o tempo total necessário pra finalizar o game?

    • E aí Dan!
      Cara, eu acredito que 06 horas bem dedicadas é o suficiente pra terminar a aventura. Vai depender do nível de dificuldade.
      Jogando no mais difícil, tem muito mais inimigos pra destruir, o que aumenta o tempo de batalhas.

  • Elielson Nascimento

    Caramba, visualmente esse jogo parece ser fantástico! Me lembrou vagamente do clássico Guardian Heroes do Sega Saturn.

    Bacana esse “recomenda”, Jeff!

    • Obrigado pela participação Eli!
      Dust é lindo, de fato. Acho que você deveria experimentá-lo.
      Guardian Heroes… Se não me engano o Sabat disse que ainda vai mostrar esse game por essas bandas. Você disse isso boss?

  • Gabriel Pyron

    Esse jogo e o FEZ foram duas recentes adições animais para quem curte jogos retro, é realmente um excelente jogo !!

    • Ótimos títulos Gabriel.

  • elcioch

    caraca! que visual foda! achei até que seria RPG!bom talvez ate tenha algum detalhe neste genero!
    ainda bem que não é! pelo menos esta escrito como ação!
    ja que RPG não sou fan! passo longe! ja tentei jogar, mas não gostei!
    eu posso estar errado e imaginando coisas! para mim eu li em algum lugar aqui no blog que só iriam falar de coisas retro! mas pensei comigo e se um dia comentarem tudo e todos os velhos games des dos classicos ate os trash puro!
    e ai como fica o blog? ate fiquei um pouco decepcionado quando li que não iriam comentar sobre outros games da franquia exemplo golden axe, altered beast, shinobi e outros antigos classicos que ganharam uma nova versão mas que hoje ja não possuem em nada do que foram no passado!
    eu adoraria ver materia sobre toda a franquia! afinal estamos falando dos velhos classicos que ganharam uma nova cara com o passar dos anos!
    podia ser apenas um comentario breve do ue achou dos outros jogos da serie!

    eu tambem não sou lá fan do 3d, apesar qque existem games foda! mas minha paixão fica no 2d!

    • Olá Ecio, como vai tu?
      Brother, o foco do Retroplayers sempre será os games antigos, mas o que você leu é que games recentes com alma retrô apareceram com maior frequência do que antes,se deixar de lado a velharia dos consoles antigos, ok?
      E sobre Dust, de RPG ele tem pouca coisa, na verdade só os upgrades e nada mais. Não existem batalhes de turnos então, manda ver meu velho!

  • Alvaro Luiz

    Um dos melhores jogos arcade da XBLA…
    Enredo muito bom,puzzles tem de sobra, missoes secundarias tbm, sem contar os upgrades que deixam as magias da “Fidget” fodasticas !!!

    • Oi Alvaro, beleza?
      Sem dúvida, um dos melhores games no estilo que eu pude jogar.
      Quero muito que games assim apareçam mais vezes.
      Abraço Luiz!

  • Ficou bom esse slide aí na home. Muito bacana mesmo em Boss Sabat??

  • Diogo Farias

    Caramba! O jogo parece muito bom!
    To com muita vontade de comprar um XBox só pra jogar jogos da Live Arcade…
    Depois dessa deu mais vontade ainda…

    • Diogo, se tiver um pc ou note, manda ver meu véi!

      • Diogo Farias

        Então, meu computador é bem ruinzinho… Não tenho coragem de gastar dinheiro em um melhor quando posso comprar um video game. xD

        • Pois é Diogo, mas o game não exige muito da máquina.