RP Recomenda: fique de olho nestes indies!


Não resta dúvida, os indie games já estabeleceram seu território e se tornaram uma inevitável realidade para o mercado de jogos eletrônicos. Aliás, é graças a este seguimento que muitos de nós temos encontrado combustível alternativo para queimar quando queremos fugir dos desafios NextGen. Vale lembrar que os emuladores de consoles antigos continuam fazendo um ótimo trabalho a esse respeito. Acontece que o número de jogos “independentes” vem crescendo de forma significativa, de tempos em tempos surgem muitas novas ideias e com isso, boas opções de jogatina acabam passando despercebidas. Sites como o Kickstarter e GreenLight tem sido verdadeiros aliados na hora de tornar sonhos gamísticos em realidade e com a ajudinha deles, talentosos desenvolvedores vem investindo cada vez mais em jogos que nos chamam a atenção, provando que para criar bons títulos não é preciso ser dono de uma fortuna.

Há quem diga que nem tudo o que aparece pela web merece o seu dinheiro, o que não deixa de ser verdade, tem muita gente iniciando nesse negócio. Mas por outro lado, sem aquela generosa contribuição financeira, muitos jogos bacanas jamais sairiam do papel, pois nem todo mundo com bom gosto possui uma conta bancária gordinha, não é mesmo? Pensando bem, tem horas que dá vontade de arriscar alguns trocados com essa gente, principalmente depois de vermos o progresso de algumas de suas obras. Assim, decidimos reunir neste RP Recomenda, alguns dos projetos em desenvolvimento que acreditamos merecer sua atenção. Vejamos:

axion-banner

 

 Prometido para a primavera americana de 2014, fazem 4 anos que Axiom Verge está em desenvolvimento. Talvez pareça muito tempo para você, mas para uma equipe de apenas UM homem, que vinha trabalhando meio período por dia, é até razoável. Trata-se de um belo game de ação em side-scrolling 2D, que não tem vergonha de mostrar seus pixels. Ao assistir seu gameplay, não há dúvidas de que Metroid, Contra e companhia deu uma ajudinha no quesito inspiração. A ambientação lembra de fato os clássicos do Super Nintendo e parece que não pouparam os chefes de fase exagerados, coisa que muito me agrada. Por enquanto não há confirmação sobre uma possível versão para PCs ou consoles da Microsoft. Na página oficial informam que o título chegará apenas aos consoles da Sony. Honestamente espero que seja tudo mentira, que as coisas mudem até o lançamento e assim outros possam ter a mesma sorte e desfrutar este belo indie:

LINKS: Página do Projeto YouTube

———————

.

 Hyper-Light-Drifter-2Mais um game pixelado que promete muito. Hiper Light Drifter demonstra ser uma bela mistura de RPG e ação com visão isométrica e lateral, que não se resume a apenas tiros e explosões. Sua ambientação traz a tona um mundo futurista separado em ruínas, florestas, grandes e desoladas estruturas, com inimigos robóticos e selváticos. Tudo indica que os neurônios do jogador serão também utilizados, já que uma boa dose de exploração será necessária para continuar a aventura. Segundo o desenvolvedor, games como The Legend of Zelda e Diablo o ajudaram a dar forma ao game, o que fica evidente em seu gameplay. Hiper Light Drifter já atingiu os principais objetivos no Kickstarter e GreenLight. Agora, só nos resta esperar pelo seu lançamento.

LINKS: Site oficial YouTube ———————

APOTHEON-banner

.

Apotheon  Este game é literalmente uma pintura. Semelhante a Guacamelee, mas com uma ambientação totalmente diferente do que eu já vi. Apotheon é um side-scrolling 2D cartunesco que chama muito a atenção pelo seu visual inspirado em pinturas do antigo exercito romano, ou seja, os próprios personagens destas pinturas entram em batalhas durante as fases. Aqui ocorre uma mescla de ação e exploração num vasto mundo onde aparentemente existe um conflito entre humanidade e mitologia. É briga que não acaba mais, mas sem deixar de lado outros fatores como a exploração e a furtividade. O protagonista pode ainda escalar, arremessar coisas e defender a ataques inimigos. Não há informações sobre quais plataformas receberão o título, mas pra PC é praticamente certeza.

LINKS: Site oficial YouTube

———————

shantae-banner

.

 shantae-21Este é mais um projeto da WayForward, que para muitos dispensa comentários. Estranho a empresa ter ido ao Kickstarter já que não é tão independente assim, mas enfim… A produtora tem a missão de nos trazer este belo e super colorido side-scrollin 2D. Aqui, a protagonista meio humana, meio gênio, curte detonar seus inimigos a base de poderosas “cabeladas”, ao passo que precisa desvendar segredos e resolver pequenos quebra-cabeças. Shantae é uma franquia que surgiu nos portáteis da Nintendo desde o Game Boy Color, e DS, todos bem sucedidos. Com Shantae: Half-Genie Hero, a WayForward promete dar um UP poderoso na série trazendo como diferencial o lindo visual HD. O game já arrecadou tudo o que podia no Kickstarter, mas ainda não recebeu uma data prevista de lançamento. Ao que tudo indica, todas as plataformas serão agraciadas, exceto o 3DS que aguarda sua versão exclusiva e que também está em produção.

LINKS: Site oficial YouTube ———————

.

 owlboy2Está fazendo quase 4 anos que Owlboy foi anunciado. O game do menino coruja já foi notícia, sumiu por um tempo e voltou a ser notícia, quando a Dpad Studio decidiu quebrar a exclusividade com os consoles da Microsoft. Há poucos meses foi dito que o título seria também lançado nos PCs, o que pessoalmente me agrada muito. Owlboy é um bonito 2D plataforma no melhor estilo 16Bits, cheio de parallax, onde a rolagem vertical da tela é muito utilizada. O game está gerando muita expectativa e ansiedade, principalmente pela demora para ficar pronto. O mesmo estava prometido para 2013 mas de lá pra cá, surgiram poucas informações a seu respeito. Se você descobrir algo novo sobre Owlboy, volte aqui no Retroplayers para compartilhar com a gente, ok?

LINKS: Site oficial YouTube ———————

chasm_logo_big

.

 Taí mais uma das promessas que o Retroplayers está aguardando com grande apetite. Os desenvolvedores ainda não definiram sua data de seu lançamento, mas a ideia inicial é que fique disponível ainda em 2014. Chasm é uma mistura de RPG e ação num universo totalmente 2D, que adota o estilo Metroidvania, tanto na jogabilidade quanto no belo visual 16bits. Pelo que podemos ver, estão criando algo muito bem feito, com possibilidade de diálogos, melhorias das armas e do personagem, elementos característicos de Sinphony of The Night. A ambientação e movimentação dos personagens também estão bem detalhados, fazendo bom uso da técnica pixel art. O objetivo inicial no Kickstarter já foi alcançado e agora agente torce para que não haja problemas para que Chasm seja lançado. 

LINKS: Site oficial YouTube —————-

Bem pessoal, estamos de olho nestes e outros projetos que ainda estão por vir. Com certeza ficaram alguns a serem comentados, mas iremos falar deles em breve. Vale lembrar que, pode ocorrer de algum desenvolvedor lançar seus jogos por conta própria, mesmo sem alcançar o número de doações necessárias. Sendo assim, não deixe de verificar com frequência as suas respectivas páginas oficiais, Twitter ou Facebook. No que depender da gente, conforme possível, estaremos postando mais informações sobre futuros ou recentes títulos com a cara do Retroplayers. Se gostou de algum e achar que vale a pena, dê aquela forcinha com a sua doação ou compra antecipada.

Até logo Retroplayer!


Sobre Jeff

O Jeff é veterano que começou a jogar games com um Bit System. Ele ama jogos 2D. Criterioso e saudosista, adora os jogos de Nintendinho. Atualmente sua plataforma principal é um PCgamer, Mas jogar é com ele, não importa se num console da Sega, Sony e assim vai!
Adicionar a favoritos link permanente.
  • Merson

    Que legal, esses jogos parecem muito promissores. Vou ficar de olho principalmente no Axiom Verge e Hiper Light Drifter. Realmente os indies são uma boa opção para quem gosta da velha (e querida) jogatina 2D….Galera do retroplayers podia fazer mais matérias sobre os indies como a do Lone Survivor. Valeu Jeff!

    • Olá Merson, tudo na paz?
      Na medida do possível iremos mostrar os indies mais badalados.
      Realmente os dois que você citou me chamaram muito a atenção. Eu quero!

  • Paulo

    Eu falei com o produtor do Axiom Verge a alguns tempinhos atrás e ele disse que em 2015 o game vai sair pra PC e em 2016 talvez pra o Xbox 360 caso ele ainda esteja vivo. Eu já tô de olho nesse game faz tempo, ele ia sair pro Xbox Live Indie Games do X360 mas a Sony deu uma mãozinha pra ele.

    • Paulo, se isso for mesmo verdade, ganhei o dia. Esta triste por saber que era exclusivo para PSX. Mesmo que demore, vou querer jogá-lo no PC. Boa coisa o que você disse hem?

  • Ivo

    Acho que essa você deveria manter essa coluna no Retroplayers! Adorei ela e acho que todos aqui! Muito bom Jeff! Parabéns!

    • Sim Ivo, vamos manter essa seção o máximo possível atualizada, posso cuidar dela, mas estão livres para escreverem, claro!!
      Obrigado Ivo!!

  • Grande matéria cara =)
    comecei a acompanhar faz pouco tempo esse mercado indie e acho que tem um grande futuro, isso realmente me deixa com vontade de tentar voltar a programar só que o grande problema seria tempo…

    • Binho, os indies já não são mais “brincadeira” de programador, não cara, o negócio é sério mesmo. E você comece a mexer os pauzinhos aí que o negócio vira, sabia. Só não demora pra lançar os seus games, ok ?

      • pra eu chegar nesse nível iria demorar e muito ahhhaahuhhuhauhauahau pode ter certeza, melhor continuar como jogador

  • Leandro alves

    todos parecem ser otimos, pegarei na Steam na primeira oportunidade. exceto essa Shantae…e seria bom manter esse “quadro” sobre indies aqui

    • Fala Leo, beleza?
      O Shantae nos portáteis é muito bom cara, dê uma olhada neles, cê pode gostar. São super coloridos e pixelados. Mas acho que os novos podem ficar bom no formato HD. Veremos hem?
      Vamos tentar movimentar os indies aqui, com certeza!

  • Dactar

    Ótimo post Jeff!Esses games são diversão garantida sem gastar tanto.Assim dá pra equilibrar a biblioteca de jogos AAA com indies.Principalmente para os consoles da nova geração.

    • Bacana né Dactar? Tem muito game bacana nesse universo cara, bom mesmo!
      Obrigado pela participação!

  • Jeff, adorei essa matéria, fiquei de olho DEMAIS no Axion Verge e no Hyper Light Drifter!! Show de bola mano XD

    • Isso é bom Boss. Como pode ver, já assumi o compromisso dessa seção né? Vamo que vamo e, com certeza, esses dois citados vão dar o que falar!

  • E aí Dan! L
    Legal que tenha gostado. Sim, os indies tomaram conta de seu espaço e isso é muito bom. Vamos manter essa coluna sim, essa é nossa intenção.
    Abraço brô!

  • Maths

    vcs n conhecem Broforce ?

  • Cadu

    Caramba Jeff, que post incrível! Dicas ótimas pros amigos leitores!
    A parte ruim é que esses jogos saem todos pra PC e eu sempre fujo do PC. Então sempre fico na torcida para que os games atinjam mais do que a meta e acabem pintando também nos consoles pra eu poder aproveitar. Aconteceu com muitos casos!
    Os gráficos do Apotheon me lembraram muito outro jogo, o OutLand. Gosto desse tipo de arte!
    Mas o Owlboy e o Chasm são os que mais parecem interessantes. Não que os outros não sejam, esses me “apetecem” mais! hehehe
    Espero que realmente se torne uma série dentro do Retroplayers Recomenda e incentive a quebra de preconteito daqueles que ainda possuem algum com jogos indies!
    Grande iniciativa!

  • Kyo

    Jeff, só corrige que o Shantae de GBA foi CANCELADO.

    • Vish, dessa eu não sabia. Nunca o joguei, mas existem várias referências a ele. Acabei de confirmar que de fato foi cancelado!
      Valeu pelo aviso Kyo!!.